Perfil Profissional

Sou arte finalista e trabalho na área de criação gráfica. Crio desde cartões de visita, anúncios, até impressões em grandes formatos. Trabalho com Photoshop e grande parte do pacote Adobe, assim como grande parte do pacote Corel, sendo o Corel Draw a minha porta de entrada neste maravilhoso mundo da criação digital. Gosto de manipular imagens, vetorizar logos, desenhos e inventar coisas. No meu ramo de trabalho preciso captar a idéia inicial do cliente, colhendo informações a respeito do tema, preparando um briefing que atenda as expectativas do mesmo. Depois disso, mãos a obra! Muitas vezes a idéia vem no meio da noite ou durante um passeio. Amo meu trabalho! Amo ver o olhar de espanto e satisfação do cliente! E como todo mundo... Quanto mais aprendo sobre algo, vejo que poderia ter feito melhor! Que trabalha nesta área, tem que ler muito e estar inteirado dos mais diversos assuntos. Não pode haver parcialidade em nenhum aspecto! Mas deve-se ter uma visão que vai além da nossa, atingindo assim, a satisfação do cliente. Além disso o programador visual deve desenvolver e praticar sua responsabilidade social!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Dê onde vem as boas idéias


Dificilmente as boas ideias surgem do nada, do vácuo. Profissionais que precisam desenvolver projetos diversificados precisam de referências e inspiração para inovar, diversificar o seu portfólio, e atender as demandas específicas para seu cliente. Caso contrário, os trabalhos ou elementos usados vão se repetindo visualmente, e isso não é interessante para o designer, muito menos para o cliente.
O processo de construção de portfólio também exige peças diferenciadas e elegantes. Técnicas diversas e programas que disponibilizam vários tipos de ferramentas. A inspiração pode vir de vários lugares, ou de lugar nenhum. Pois, dependendo do estado psicológico e da rotina do profissional, este sente-se sem inspiração diante de um briefing solicitado pelo cliente.
A palavra inspiração deriva do latim inspiratio do verbo aspiro, soprar para dentro. Segundo o dicionário Aurélio, qualquer estímulo ao pensamento ou à atividade criadora.
video

“Eu sou inteiramente partidário da idéia da inspiração. Seja banal, antiquado, mas sem inspiração não se faz nem se escreve nada. A pessoa adquire a técnica de se comunicar e tem facilidade, como eu tenho, de escrever coisas. Mas aquela coisa profunda que vem das entranhas da gente, isto é inspiração…” 
Carlos Drummond de Andrade, Fonte: Jornal da tarde, 19/10/1986

O profissional da área de design vive de criações, mas nem todos os dias a inspiração surge facilmente, por isso é necessário ter boas referências para inspiração e fontes seguras de informações. Percebendo esta necessidade, a BrasilGraf desenvolveu um post para indicar alguns ótimos sites que, além de inspirar visualmente, possuem ótimos conteúdos para a área de design. Confira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário